CEO revela planos sobre nova companhia da República Tcheca

Krešimir Budinski, CEO da Pragusa.One, revelou detalhes sobre planos e ideia de frota sobre a nova companhia aérea que deve ligar as cidades de Praga e Dubrovnik, na República Tcheca, à América do Norte, África e Ásia. 

Budinski diz que a Pragusa.One deve iniciar os trabalhos como uma operadora de turismo, vendendo pacotes turísticos de sete e quatorze dias para Dubrovnik e Praga, enquanto oferece voos ponto a ponto através de um wet-leasing com um parceiro. 

“Vamos começar como agência de viagens, mas nos próximos três anos faremos a transição para ser uma companhia aérea, já que a certificação AOC (Certificado de Operador Aéreo) vai demorar um pouco. Na Croácia, vamos solicitar um AOC que levará de dez a doze meses. Até então, operaremos com nosso parceiro em regime de fretamento completo. Esperamos assinar um acordo com eles nos próximos dias. Converteremos o wet-lease em dry-lease até 2024. Esperamos lançar nosso sistema de reservas e reservas até o final de abril, mas o início das operações dependerá de restrições de viagens.”

O atual CEO também diz que a companhia será chefiada por outro CEO, mais experiente, no futuro. Sobre a frota, Budinski destaca que a Pragusa.One deverá operar os wide-body A330 e A350 da Airbus. 

“Contratamos um ex-CEO de uma grande companhia aérea. Estaremos liberando mais informações sobre isso em breve. Iniciaremos as operações inicialmente com A330s e A350s alugados com tripulação. Estamos em negociações avançadas com a Airbus para obter A350 totalmente novos em uma classe única com configuração econômica premium até 2024. Os A330s serão usados ​​para destinos de médio curso e os A350s para voos de longo curso”, diz Budinski. 

“Decidimos lançar uma companhia aérea totalmente econômica porque há uma equipe de profissionais de aviação e viagens por trás da Pragusa. Alguém que estudou como as companhias aéreas usavam essa configuração no passado. Vimos uma oportunidade, especialmente após o impacto da pandemia Covid-19, de oferecer voos ponto a ponto para passageiros premium, razão pela qual os A350 terão um layout totalmente econômico.”Devido às restrições de viagens em curso, espera-se que os voos de Nova York e Los Angeles para Dubrovnik sejam lançados primeiro.  

“Nova York e LA para a Croácia podem ser lançados primeiro. Há grande demanda da África do Sul e da China também. Também temos parceiros na China apoiando este projeto, entre os quais operadoras de turismo e a Autoridade de Aviação Civil da China. Neste ponto, quinze pessoas, a maioria profissionais de aviação e viagens, estão trabalhando neste projeto desde o verão passado. É apoiado por investidores privados da indústria da aviação. Nossos investidores têm mais de vinte anos de experiência em investimentos em aviação. Também conduzimos pesquisas de mercado e vimos um pequeno nicho de viajantes que desejam pagar mais para obter um serviço premium, que é o que pretendemos oferecer. Forneceremos viagens de sete e quatorze dias para Praga e Dubrovnik.”

Leave a Reply

%d bloggers like this: